maio
10
2019

Alô, MÃES! – Antônio Gilvandro Martins Neves

Alô, MÃES!!!

“MÃE… são três letras apenas. As desse nome bendito: também o céu tem três letras. E nelas cabe o infinito”, escreveu Mário Quintana.
Mais uma vez, quero unir-se a todos os filhos para reverenciar aquela que nos deu o ser. A mulher que trouxe em seu seio a vida. A mulher que é “o milagre dos milagres”, como dizia Carlyle.
Somente uma coisa no mundo é melhor e mais bela que a mulher: é a mulher que é mãe.
O amor de mãe por seu filho é diferente de qualquer coisa na Terra.
A mãe, seja ela biológica ou pelo coração, é a luz que nunca ofusca nesta hora de trevas porque passa a humanidade.
Infelizmente, entretanto, muito vêm esquecendo-se que a mulher é MÃE, que a mulher é o anjo da família, que mulher foi aquela Trouxe em seu ventre JESUS CRISTO ao mundo!
Não importa! A mãe é divina, é aquela que mais coopera com Deus, gerando a vida, um homem novo para a sociedade.
Resta-me, pois agradecer a estas heroínas, sem as quais o amor do mundo já haveria extinguido.
A todas vocês, presentes ou ausentes, na Terra ou no céu, um beijo muito afetuoso no coração.

Antônio Gilvandro Martins Neves
Paramirim – Bahia

Deixe um comentário usando sua conta do Facebook




Deixe um comentário usando o Formulário do Site