fev
10
2014

Burro carregando as bruacas

Nos passos da nossa história o burro foi um servente fiel do homem no caminho da evolução. Nos dias de alta modernidade, o passado aos poucos de forma acelerada some diante a uma imensidão de novos apetrechos. O burro que subia e descia nossas serras, passava pelos rios a cortar os córregos, suportava o peso da rapadura, do ouro e da lenha, perde espaço para os carros e as motos. Tropas de animais eram conduzidas pelos valentes homens de outrora para irem buscar sal em paragens longínquas. A riqueza estava no campo, na quantidade de animais. O burro e a bruaca são e sempre será uma marca da nossa civilização. Podemos até tentar apagar nossas pegadas, mas o que fizemos é forte e importante demais para serem facilmente destruídos.

Deixe um comentário usando sua conta do Facebook




Deixe um comentário usando o Formulário do Site