Mostrando arquivos em "Caatinga"
set
29
2013

Lavadeira-de-cabeça-branca (Arundinicola leucocephala)

Encontramos Lavadeira-de-cabeça-branca (Arundinicola leucocephala) em nossa região (Chapada Diamantina, Sertão, Caatinga) nas margens das lagoas e dos rios. Um pássaro negro com a cabeça branca é facilmente identificado. Uma ave pequena que mede aproximadamente 14 centímetros. Vivem em casais. Alimentam-se de insetos. A fêmea tem a coloração marrom-acinzentada.

set
28
2013

Caboclinho (Sporophila bouvreuil)

O Caboclinho (Sporophila bouvreuil) é um pássaro encontrado em nossa região (Chapada Diamantina, Sertão, Caatinga), na época das chuvas quando os cachos dos capins estão bonitos eles se juntam para banquetear. O macho tem a coloração das penas marrom e um topete negro juntamente com partes do rabo e das asas; a fêmea é toda […]

set
26
2013

Davi vence Golias

Quem nunca ouviu falar da história em que Davi derrota o gigante Golias? Nem sempre o maior, o mais forte, o mais inteligente vence um duelo. Um pequeno pássaro sentindo sua prole ameaçada ferve o peito e se lança sobre o invasor, pequeno, mas bravo e rápido. Ao intruso resta a vergonhosa fuga. No mundo […]

set
26
2013

Anu-Preto (Crotophaga ani)

O Anu-Preto é um pássaro muito comum na Caatinga. Voa desengonçado e sempre em bando de cinco a mais indivíduos. Tem um canto forte e característico. Sua plumagem é toda negra. Seu bico é grande. Alimenta-se geralmente de insetos, mas em sua dieta têm pequenos répteis e bagas. O texto que segue abaixo tem como […]

set
23
2013

Seriema na Caatinga

Só tira fotos quem corre atrás. Andando por aí, no rastro da nossa passarada, encontramos três seriemas. Não esperamos que elas corressem, disparamos alguns cliques e a capturamos e agora ganham notoriedade na Internet. Há muitas pessoas que ainda insistem em abater nossa debilitada fauna, esquecendo que os bichos valem bem mais em vida, ouvir […]

set
23
2013

A Primavera chegou ao Sertão

A estação das flores chegou e nós fomos à procura das flores. Percorremos cerca de cinco quilômetros de automóvel e nas paradas conseguimos ao todo vinte e três fotografias de flores diferentes. Se tivéssemos percorrido o dobro da distância, certamente, teríamos o dobro de fotos. A riqueza natural do nosso Sertão é formidável. Não sabemos […]

set
22
2013

Meu Sertão querido

O que dizer do Sertão? Para muitos um lugar de miséria onde a falta de chuva desanima qualquer peão. Mesmo vendo a casa abandonada, o mandacaru ao lado a apontar e a dizer; “Aqui é terra para cabra macho”; o chão seco e duro, a falta do alimento ao rebanho; o Sertão para quem o […]

set
18
2013

O calor do Sertão

O Sertão é quente, o Sertão é seco, o Sertão é Sertão porque é duro, pedregoso, espinhoso, e agressivo aos homens fracos. Não há nada de errado, pois há um ecossistema que germinou sobre as características dele. Não ter água aqui não é novidade, novidade é quando o Sertão parece querer virar mar. Nossa fauna […]

set
14
2013

O olhar de coruja

A coruja lhe olha atentamente. Estaria apaixonada? Ou ela irá dizer a polícia: pega ladrão? Olhar de coruja é um olhar sério, devemos nos preocupar. Coruja de dia! Não há algo de errado? Coruja gosta da noite. Não sei o que você fez, pois ela continua com aqueles dois enormes olhos a lhe comer. Voa […]