dez
23
2018

Feira livre de Paramirim na Praça Santo Antônio

Olhando esta fotografia e vendo as pessoas que ficaram congeladas em um segundo de tempo na lente de uma máquina de algum fotografo fico a matutar, a refletir, a sonhar. Por onde anda estas pessoas? Será se há alguma viva? Como foram seus dias após ter sido capturados nesta foto? O tempo corre e com ele tudo se modifica sempre. A engrenagem não para, sempre a girar, eternamente. A questão é: “Onde iremos parar?”

A foto foi enviada ao nosso site pela senhora Marusia.

Deixe um comentário usando sua conta do Facebook




Deixe um comentário usando o Formulário do Site