out
16
2016

Superlua vista com as torres da Serra do Cruzeiro em Paramirim

A fotografia exposta nesta página foi tirada no início da noite de sábado, dia 15 de outubro de 2016, da orla da lagoa em Paramirim, pelo simples fato de haver um pouco de luz solar no ambiente. A lua cheia mesmo foi neste domingo (16), já saiu em plena noite.

Fonte do texto que segue abaixo: G1.globo.com

Na noite deste domingo (16) será possível observar no céu um fenômeno conhecido como “superlua”, que ocorre quando a lua cheia está mais próxima da Terra do que de costume.

A explicação está no fato de a órbita da Lua ser elíptica. Por isso, a distância até nosso satélite natural varia, e a menor distância até a Terra (chamada de perigeu) é bem diferente da maior distância (chamada de apogeu): o perigeu da Lua se dá por volta de 362.600 km da Terra e o apogeu, na média, por volta de 405.400 km.

Também chamada de “lua de perigeu”, a superlua pode ser 14% maior e 30% mais brilhante do que uma lua cheia de apogeu, segundo a Nasa (a agência espacial americana).

A superlua poderá ser vista de todo o Brasil e deve ficar com uma aparência maior logo após nascer.

Superluas neste ano
Esta será a primeira das três superluas previstas para 2016. O fenômeno volta a se repetir em 14 de novembro e em 14 de dezembro.

A previsão é que a do dia 14 de novembro seja a maior de todas, já que ela deve ser a lua cheia mais próxima da Terra não só neste ano mas também do século 21 até agora. O cálculo dos especialistas é que ela só voltará a ficar tão perto da Terra no dia 25 de novembro de 2034.

Deixe um comentário usando sua conta do Facebook




Deixe um comentário usando o Formulário do Site