ago
23
2013

Um jardim natural em frente a minha residência

Andando por aí, sem saber onde parar, caminhando ora lentamente ora feito furação, conhecemos o botão, logo nos veio a flor. Essa casinha tem em sua frente um jardim em flores. Quem o plantou? Quem o regou para está tão bonito assim? Ninguém. Nasceu sozinho, nasceu como muitos nascem por essas estradas, nas beiras dos barrancos, próximos a abismos, metidos na fedentina da lama. Nasceu, cresceu e hoje nos encanta. A vida precisa de uma oportunidade para mostrar todo o seu potencial. Basta que a deixe em paz e o restante a Força Universal fará sozinha.

Observação: o título da matéria é meramente ilustrativo.

Deixe um comentário usando sua conta do Facebook




Deixe um comentário usando o Formulário do Site